Barcelona: o que não pode ficar de fora do seu roteiro! (parte 2)

Barcelona é uma cidade encantadora, e quatro dicas é muito pouco para o que a cidade tem a oferecer! Confira mais alguns programas imperdíveis para fazer lá!
*Por Anália e Anaéli

5) Visitar o Mercat de La Boqueria, nas Ramblas

Localizado na avenida mais famosa de Barcelona, o mercado tornou-se um grande ponto turístico de Barcelona – apesar de ainda ser bem frequentado por locais. Vende desde frutas e legumes a produtos de açougue e peixe fresco, além de possuir bares e restaurantes. Visite o site oficial (http://www.boqueria.info/) antes pra já ter um gostinho do que é oferecido pelo La Boquería.

Vai um suquinho da fruta?

Tenha muito cuidado com seus pertences ao visitar o mercado e toda a região conhecida como “Las Ramblas” pois é muito cheio e concentra batedores de carteira. Vá com paciência, a experiência pode ser estressante para quem não gosta de multidões. Muitos produtos vendidos fora do mercado não são frescos, recomendamos cuidado se optar por uma refeição na rua.




Antes ou depois de comer, você pode passear pela avenida e ruas ao redor, que possuem diversas lojas de marcas e multimarcas (como Decathlon, Nike, Levi’s,El corte inglés) e também alguns pontos históricos – a exemplo de “Mosaic de Joan Miró”, “Gran Teatre del Liceu”, Palau Guel.

Esse programa pode ser feito pela manhã/início da tarde e depois o roteiro pode seguir para passer pela nossa próxima dica!

 

 

6) Caminhar na orla de Barceloneta

Barceloneta em um final de tarde de primavera! <3

A praia mais famosa de Barcelona não poderia ficar de fora do roteiro. Mas não se anime muito se pretende ficar tomando um sol tranquilamente: tranquilidade não é bem uma característica de Barceloneta.

A praia é bacana para caminhar (no calçadão), relaxar, ver o mar e o movimento de locais e turistas. Aqui vale o alerta: apesar de ser proibido pela legislação espanhola, todo mundo consome bebida alcoólica na praia (e nas ruas). Eu aconselho que você não faça isso, afinal, como dizem nossas mães, você não é todo mundo! Você é turista! Rs.

Há diversos bares e restaurantes na região, e o ideal é conferir os preços antes de sentar: alguns podem ser bem salgados!

7) Visitar o Parc Güell

Parque visto de dentro da área monumental!

O parque mais famoso de Barcelona também abriga obras arquitetônicas de Gaudí. Com o título de Patrimônio da Humanidade dado pela Unesco em 1984, o local é perfeito para passear, fazer piquenique, descansar e também conhecer um pouco mais sobre as obras do arquiteto.

Vista linda!

Para ingressar na parte monumental, construída por Gaudí, é preciso pagar 7,50 euros (preço de junho/2017). Os ingressos podem ser comprados com antecedência pelo site oficial do parque. O horário de entrada é marcado, mas não há limite de tempo para permanecer na área.

8) Camp Nou, estádio do Barça

“Mais que um clube” em Catalão

Claro que essa não é uma atração imperdível para todos os perfis de turistas, mas saiba que não precisa ser um futebol-freak para curtir o Camp Nou experience. Basta gostar do assunto e ter aquela admiraçãozinha pelo Barcelona, ‘apenas’ um dos principais times de futebol do mundo.

No tour pelo estádio do Barça você conhece o museu com a história do time, o vestiário das equipes visitantes, a sala de coletivas de imprensa e o setor reservado a ela durante os jogos, a arquibancada e pode chegar até pertinho do gramado.

A experiência é uma das atrações turísticas mais visitadas em Barcelona, mas não é barata: 25 euros o valor do ingresso adulto para 2017. Os ingressos podem ser adquiridos no site oficial.

_________________________________

E pra você, o que é imperdível em Barcelona? Deixa seu comentário!

Se você não viu o nosso primeiro post sobre Barcelona, confira!

Um comentário em “Barcelona: o que não pode ficar de fora do seu roteiro! (parte 2)

Deixe uma resposta