1 dia em Segóvia: bate-volta à cidade histórica pertinho de Madrid

Quem visita Madrid com mais tempo não pode perder a oportunidade de fazer um bate-volta para pelo menos uma das cidades dos arredores consideradas patrimônios da humanidade: Toledo, Segóvia e Ávila. Eu optei por Segóvia – e foi incrível. Confira o que você pode fazer na cidade em um dia.
*Por Anaéli

Madrid é uma cidade cheia de oportunidades quando o assunto é bate-volta. Além de Toledo, Segóvia e Ávila, existem outras opções fantásticas como Córdoba e Aranjuez. Ao planejar sua visita à capital espanhola, se possível reserve tempo para mais de um bate-volta: vai valer a pena. Na minha viagem, eu tinha pouco tempo e outros destinos na Espanha, então tive que optar por uma dessas cidades.

O destino mais popular é Toledo, a 90 km de Madrid, com suas ruelas medievais, belas igrejas, catedrais e sinagogas, além de palácios e fortalezas. Mas durante minha pesquisa, a cidade que mais me interessou foi Segóvia, por alguns motivos:

  • a quantidade de atrações diferentes em um mesmo lugar: um belíssimo aqueduto romano, belas igrejas, uma catedral gótica e o Alcazar – palácio que dizem ter sido umas das referências de Walt Disney para seus castelos.
  • Em Segóvia, o ar histórico se combina a mirantes de onde é possível vislumbrar paisagens incríveis.
  • É uma cidade mais tranquila de aproveitar, pois tem menos turistas que Toledo.
  • Também é super perto de Madrid (a 100 km), a passagem de trem é barata e a viagem é rápida (30 min.) e agradável.

Se você se identificou com os pontos acima, e só tem tempo para um bate-volta, vá de Segóvia que é satisfação garantida 🙂

Como chegar à Segóvia




Vá de manhã, o mais cedo possível, para aproveitar bem o dia. Se estiver no inverno, se agasalhe bem – e procure uma bebida quente ao chegar na cidade. Em Segóvia faz mais frio do que em Madrid. Fui no fim do ano e, ao chegar na cidade, por volta das 8h, estava fazendo 3° C. Em algumas épocas a temperatura chega a ficar abaixo de zero.

O acesso a Segóvia é muito fácil. A partida é da Estação Chamartim. Nós chegamos lá de metrô. Basta sair na estação de mesmo nome e seguir as placas para chegar na estação de trem, a direção é Segóvia Guiomar. Para informações sobre o metrô de Madrid, visite www.metromadrid.es.

No trem, aproveite a viagem e a paisagem. O trajeto dura cerca de 30 minutos. A passagem de ida e volta custa 13 euros (preços de maio de 2017). Você pode pesquisar o preço atualizado em www.trenes.com.

Aqueduto Romano de Segóvia

Na estação de Segóvia, pegue o ônibus para o centro e salte no Aqueduto Romano. Você pode pegar um mapinha da cidade no posto de informações, se quiser ter mais uma referência.

O Aqueduto Romano de Segovia é um dos monumentos mais belos e bem preservados da Espanha. Gigantesco e imponente, a construção tem mais de 2 mil anos de idade e funcionou fornecendo água para a cidade até meados do século XIX. O Aqueduto e a cidade velha de Segóvia são patrimônios mundiais da Unesco.

Aprecie o Aqueduto e suba a escadona do lado direito da construção. A vista é linda e dá pra tirar belas fotos com o aqueduto ao fundo.

Após descer do Aqueduto, explore livremente as ruazinhas e praças de Segovia. Observe as diversas construções com paredes de pedras, lojinhas e restaurantes. A cidade é pequena e agradável de andar, e há placas em diversos locais, não tem como se perder.

Catedral e Alcazar de Segóvia

Tome o rumo da Plaza Mayor, uma opção interessante é fazer o trajeto pela Calle de San Juan. Próxima à praça, você encontrará a Catedral de Santa Maria, conhecida como a Dama das Catedrais. Imponente, é uma das últimas catedrais góticas construídas na Espanha.

Catedral de Santa Maria

Prossiga para o Alcazar de Segóvia, um palacete fortificado em pedra erguido à beira de um penhasco na cidade velha de Segóvia. Sua primeira construção data de 1122, mas ele foi ampliado e reformado ao longo dos séculos, tendo sido residência para diversos monarcas.

O Alcazar é bem conhecido por sua beleza, pelo formato de proa de navio, e pela “lenda” de que seria uma das referências usadas por Walt Disney para seus castelos. Não consegui encontrar a origem desta história, mas o Alcazar realmente é um castelo lindo e parece ter saído de um conto de fadas.

A paisagem do entorno também é deslumbrante . O interior do palácio tem diversas atrações – como aposentos decorados, sala do trono e a torre que possui uma visão panorâmica – e pode ser visitado. A entrada varia de 2,50 a 8 euros (preços de maio de 2017). Confira os horários e preços atualizados no site do Alcazar: www.alcazardesegovia.com.

Mais visuais na Muralha

Retorne pela Ronda de Don Juan II, bordeando a muralha de Segovia, para mais visuais incríveis.

Um bom encerramento para o passeio é provar o conchinillo, um leitão que é o típico prato local. Mas também há opções econômicas e deliciosas, como tapas+vinho. Informe-se nos restaurantes durante o passeio e já deixe reservada sua mesa para a volta.

Taí o mapinha. Mas pode deixar ele um pouco de lado e se perder na cidade. 😉

.




2 comentários em “1 dia em Segóvia: bate-volta à cidade histórica pertinho de Madrid

Deixe uma resposta